30-ABRIL-2020
FORMAÇÃO NA ARBITRAGEM
COM A SÉRVIA ZORICA BJELIC

Zorica Bjelic, Secretária da Comissão de Arbitragem da Confederação Europeia de Voleibol (CEV) e uma ex-árbitra sérvia de referência mundial, é a primeira convidada para um ciclo de videoconferências orientado exclusivamente para os árbitros internacionais e nacionais de Voleibol e de Voleibol de Praia, denominado «Um Apito com…».

Aproveitando este tempo de ausência de competição nos pavilhões e a necessidade de #FiqueEmCasa, o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Voleibol (FPV), em articulação com Departamento de Formação federativo, programou já as primeiras sessões para os meses de Maio e Junho, com algumas novidades, adiantadas pelo seu Presidente, Avelino Azevedo:
Esta é a primeira de seis sessões já programadas para os meses de Maio e Junho, onde iremos ter a presença, para além da Zorica Bjelic, de um membro da Comissão de Arbitragem da FIVB, e de quatro árbitros internacionais nomeados para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Trata-se de uma aposta forte deste Conselho de Arbitragem no sentido de trazer ao «Um apito com…» algumas das atuais referências internacionais da arbitragem no Voleibol e no Voleibol de Praia europeu e mundial.
Estas videoconferências acontecem na sequência de um inquérito feito a todos os árbitros portugueses sobre o momento e as temáticas que gostariam de ver abordadas em videoconferências sobre a sua área
".

Assim, nesta primeira sessão, agendada para o dia 4 de Maio (21h00), o tema a abordar será a «Arbitragem de excelência: carreira e características». Para além da apresentação da experiente oradora, os árbitros presentes poderão colocar algumas questões sobre estas temáticas.

“Esta primeira sessão é mais simples estruturalmente, mas as próximas sessões terão uma segunda parte mais específica, com a participação directa dos árbitros internacionais portugueses, com uma análise de casos de jogo em situações apresentadas por vídeo. Após as conferências online da ANAVOL, que aproveito para salientar como uma valorosa iniciativa da associação de classe, esperamos que, com estas videoconferências e o trabalho que estamos a fazer no reajustamento dos documentos de arbitragem e da formação, estes também com a colaboração de quase todos os árbitros internacionais e alguns nacionais, possamos criar todos os pressupostos para uma próxima temporada a um nível ainda mais alto na arbitragem, contribuindo assim, de uma maneira construtiva e pedagógica, para o desenvolvimento do Voleibol e do Voleibol de Praia em Portugal, sempre em articulação com toda a estrutura federativa, que nos tem vindo a apoiar”, conclui o Presidente do CA federativo.

As sessões seguintes estão agendadas para os dias 18 e 25 de Maio.

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS