Previous Page  4 / 20 Next Page
Information
Show Menu
Previous Page 4 / 20 Next Page
Page Background

Gira-Praia à (re)conquista além Tejo

Gira-Praia

4

Com a tradição no Voleibol e Voleibol de Praia fortemente enraizada nas localidades a Norte do Rio Tejo, os primeiros

passos de (re)conquista da zona Sul foram dados com a criação de quatro centros de Gira-Praia em pontos estratégicos da

zona algarvia, mais concretamente em Albufeira, Faro, Lagos e Portimão.E os benefícios estão à vista. Tanto para os

monitores como para os atletas, o Gira-Praia permite mais oportunidades de jogar, mais competições e maior

competitividade, bem como mais convívio e confraternização.

Paulo Pinho é o Director Técnico Regional da Associação de Voleibol do Alentejo e Algarve

(AVAL) e um dos grandes dinamizadores da divulgação e promoção do Voleibol nas regiões

mais a Sul do País, primeiro com o Gira-Volei e, mais recentemente com o Gira-Praia.

“Depositámos muita esperançano nosso trabalho e imprimimos sempre muita dinâmica

àquilo que fazíamos. A constituição da Associação (AVAL) foi um passo decisivo neste

caminho, pois passámos a poder usufruir de mais recursos”.

António Espírito Santo, Presidente da AVAL, e um dos mentores da organização do Portimão

Beach Volley Youth Summer Festival - LET THEM PLAY, revelouum desejo por concretizar:

“Gostava muito de ter o Voleibol de Praia implementado no Alentejo e no Algarve, ter

centros de Gira-Praia no Alentejo e continuar a promover o Voleibol a Sul. A Associação de

Voleibol do Alentejo e do Algarve, a nível de território, cobre metade do País e estamos

constantemente a lutar para que as grandes provas nacionais e internacionais comecem a

descer e acabem por ter condições para vir para o Alentejo e para o Algarve".