Previous Page  10 / 22 Next Page
Information
Show Menu
Previous Page 10 / 22 Next Page
Page Background

História

10

Dizíamos, no último número, que se encerrava um ciclo

directivo para dar lugar à renovação e à captação de novas

energias.

Durante o período de 15 de Outubro de 1958 a 21 de Julho

de 1959 não temos registo de qualquer actividade desta

modalidade.

É precisamente a vinte e um de Julho de mil novecentos e

cinquenta e nove que a nova Direcção regista a primeira

acta. Nesta acta não constam dados sobre as eleições nem

os nomes do elenco directivo mas apenas as suas rubricas

no final da acta. Por esta razão, podemos apenas apresentar

os nomes do Presidente, Secretário e Tesoureiro.

Presidente: António Flores Monteiro de Azevedo

Secretário- Geral: João Costa

Tesoureiro: Joaquim dos Santos Loureiro

No início dos trabalhos o Presidente referiu a necessidade

urgente de se envidarem esforços no sentido de o Voleibol

readquirir a projecção internacional que tinha conquistado e

enumerou para isso, algumas sugestões: a divulgação de

actividades junto dos clubes “outrora filiados” na Federação,

a captação de elementos que se tinham afastado e a

necessidade de fazer compreender a vantagem de utilizar

recintos fechados para a prática da modalidade. Incentivou a

harmonia e colaboração, solicitando a presença activa do

Conselho Fiscal e Conselho Técnico.

Apresentou um voto de louvor à Direcção do Sport Lisboa e

Benfica pela “brilhantíssima actuação da sua equipa de

volley, em terras francesas” que foi aprovado por

unanimidade e ainda, por proposta do Presidente, foi

também aprovada a nomeação do senhor Camacho Lúcio

para a presidência de uma “ Comissão de Estudo para

Actualização das Regras Oficiais, Regulamento Geral,

Actualização das épocas e calendário de provas e

arbitragens”.

Para esta tarefa, foram confiados, ao Senhor Camacho Lúcio,

plenos poderes para escolher os seus colaboradores, com a

condição de ser nomeado um representante da Associação

de Voleibol do Porto e outro da Associação de Voleibol de

Lisboa.

Prosseguiram os trabalhos com a aprovação dos dias sete,

oito e nove de Agosto para a realização das provas para o

Campeonato Nacional da I Divisão a disputar em Espinho ou

Leixões. Ficou decidido propor adiamento do Campeonato

Nacional da II Divisão para o mês de Outubro do ano em

curso, à Associação de Voleibol do Porto.

Fotos do arquivo de José Moreira