19-DEZEMBRO-2017
ARRANQUE AUSPICIOSO
DO TORNEIO SUB-16 DA WEVZA

O primeiro dia de competição do Torneio de Sub-16 Femininos da WEVZA aguçou o apetite dos adeptos que seguiram in loco os jogos no Pavilhão de Santa Maria Maior, em Viana do Castelo, ou através do site federativo www.volei.tv ao proporcionar excelentes espectáculos de Voleibol, com destaque para o Portugal A x Espanha, 2-3 (25-22, 14-25, 22-25, 26-24 e 13-15), da Poule B.

O primeiro set do duelo ibérico Portugal x Espanha na WEVZA foi um autêntico braço-de-ferro, com as espanholas a tomarem a liderança do marcador (21-19), mas as portuguesas a mostrarem melhor ponta final (23-22) e a selarem o triunfo por 25-22, com um ataque demolidor da capitã Maria Reis Lopes.
A Espanha respondeu de forma a não deixar dúvidas que iria lutar pela vitória no jogo, tendo vencido o segundo parcial por 25-14.
No terceiro set, Portugal acordou tarde e não foi a tempo de lutar pelo triunfo, tendo a Espanha vencido por 25-22.
O quarto set foi o mais emocionante e terminou com um ataque de Alice Clemente a fazer um merecido 26-24.
Numa «negra» imprópria para cardíacos, a Espanha, que chegou a estar a vencer por 5-0, acabou por triunfar pela diferença mínima: 15-13.
No final, Jose Miguel Serrato, Treinador da Espanha, reconheceu: "Foi um jogo em que a vitória podia ter caído para qualquer lado. Estas jogadoras ainda são muito novas e o nervosismo pode ditar um resultado. Jogámos bem, mas as portuguesas defenderam muito bem e o resultado final foi sempre uma incógnita. Vamos tentar melhorar de jogo para jogo num torneio muito bom para a preparação das selecções".
Portugal defronta amanhã (20h00) as germânicas...

O Alemanha x França (3-1: 18-25, 25-21, 25-13 e 25-23) foi o último jogo do 1.º dia de competição, mas não defraudou as expectativas dos entusiásticos adeptos, já que estes tiveram a possibilidade de assistir a um bom momento de Voleibol protagonizado por duas das mais fortes selecções do torneio.

Jens Tietbohl, Treinador da Alemanha, reconheceu: "As minhas jogadoras estavam muito nervosas porque era o primeiro jogo internacional oficial desta equipa e a França jogou muito bem, sobretudo na defesa. Este torneio tem bom nível, a Espanha,, Portugal A e a França parecem-me equipas fortes e isso é muito bom para preparar a fase de qualificação para o Campeonato da Europa".

Poule A

Portugal B x Holanda, 0-3 (16-25, 17-25 e 23-25). Jette Kuipers e Anna Zijl, com 12 pontos, foram as melhores pontuadoras, com Mariana Moreira, com 8 pontos, a ser a portuguesa mais concretizadora.
As holandesas entraram de forma intempestiva no jogo. Com jogadoras muitos altas, acima do 1.80 metros, criaram muitas dificuldades ao ataque das portuguesas (16-9), mas foi através do seu serviço forte que as holandesas acabaram com a resistência da equipa orientada por Manuel Almeida: 25-16, com um bloco de Anneclaire Ter Brugge.
O segundo set acabou por ser quase idêntico, com a supremacia das possantes holadesas nas jogadas ofensivas, e terminou com o resultado de 25-17.
O terceiro parcial foi bem diferente: com as portuguesas a baterem-se bem (16-17) e a chegarem à vantagem (23-21), mas a maior calma e o poderio das holandesas a ser vital nos momentos finais, consolidando o triunfo por 25-23.

Treinador da Holanda, Eelco Beul:
"Este torneio tem o timming ideal para preparar a qualificação para o Europeu de Sub-17. Está bem organizado e as pessoas são acolhedoras. Sentimos que temos todas as condições para fazer uma boa preparação. O nosso objectivo é progredir como equipa e para isso precisamos de defrontar as melhores equipas. Vencer o primeiro jogo é sempre importante, pois há sempre muitos nervos à mistura e ganhar dá sempre uma dose extra de confiança".

Manuel Almeida, Treinador de Portugal: "Estivemos bem no serviço e na racepção, se tivermos em consideração que defrontámos uma equipa forte sob o ponto de vista físico e também técnico, mas os pequenos pormenores, como o controlo de bola e o ritmo e consistência do jogo, acabam por fazer a diferença. A Holanda tem uma boa equipa, comete poucos erros e nós acabámos por demonstrar algum nervosismo e falta de experiência em momentos-chave do jogo, como no final do terceiro set".

Suíça x Bélgica, 3-1 (25-23, 25-20, 19-25 e 25-20). Mostrando-se mais consistente nas acções ofensivas, quer no ataque quer no serviço, as helvéticas lideraram o marcador no primeiro set, aguentaram a reação das belgas (21-20) e acabaram por vencer o primeiro parcial pela diferença mínima: 25-23.
No segundo set, as pupilas de Johannes Nowotny voltaram a mostrar-se mais fortes (8-4), com destaque para Michaela Nussbaumer, uma jogadora completa apesar da sua juventude. As belgas ainda conseguiram equilibrar o marcador (16-16), mas as suíças revelaram-se mais agressivas e ambiciosas na recta final: 25-20.
No terceiro set, a Belgica tomou em mãos as rédeas do jogo (9-4), mas, com Michaela Nussbaumer no serviço, a Suíça recuperou (9-7). Novo assomo das belgas permitiu-lhes criar uma margem folgada (22-14) e assim abrir caminho para a vitória: 25-19.
No quarto set, a Suíça voltou a pressionar logo de início com o serviço e a defesa alta e foi, paulatinamente, somando pontos até ao triunfo por 25-20.

Johannes Nowotny, Treinador da Suíça: "É sempre bom vencer e esta vitória foi ainda mais importante porque foi conseguida no primeiro jogo internacional destas jogadoras. A nossa ambição neste torneio é conseguirmos progredir de jogo para jogo e actuarmos como hoje, com um bom serviço, sem erros e concentrados a cem por cento".

Toda a informação sobre o Torneio Sub-16 da WEVZA aqui e transmissão de jogos em directo e exclusivo no site www.volei.tv

Recorde-se que aquela que é conhecida como a Princesa do Lima e/ou a Princesa do Minho recebeu, já este ano, as poules europeias de qualificação para os Campeonatos do Mundo de Sub-21 Masculinos e de Sub-20 Femininos, ambas em 6 a 8 de Janeiro, e a poule europeia de qualificação para o Campeonato do Mundo de Seniores Femininos, de 31 de Maio a 4 de Junho.

Este torneio da WEVZA insere-se no plano de preparação da Selecção Nacional de Sub-17 que visa a participação na Poule de Apuramento para o Campeonato da Europa de Sub-17 Femininos, a disputar de 5 a 7 de Janeiro de 2018 na Hungria.

Atletas convocadas para a WEVZA*
(clicar na imagem para aumentar)

Equipa Técnica

Team Manager
Paula Semedo

Treinadores
Manuel Almeida
Fernando Alves

Fisioterapeuta
Diogo Barata

Scouter/Estatístico
Luís Andrade

A fase final do Campeonato da Europa de Sub-17 femininos realiza-se de 13 a 21 de Abril de 2018 na Bulgária.

A WEVZA, que foi constituída no dia 26 de Setembro de 2013, integra oito países – Portugal, Espanha, Alemanha, Bélgica, Itália, Holanda, França e Suíça – e tem como Presidente o português Vicente Araújo, Vice-Presidente da FPV, e como Vice-Presidentes o belga Willy Bruninx, da Federação Belga, e o francês Eric Tanguy, Presidente da Federação Francesa.

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS