08-OUTUBRO-2017
LEIXÕES SC ERGUE
SUPERTAÇA DE FEMININOS
 

A equipa de seniores femininos do Leixões SC venceu hoje, por 3-1 (15-25, 25-18, 25-22 e 25-22), o AVC Famalicão/Leica e ergueu a sua terceira Supertaça, recuperando um troféu que tinha sido seu na época de 1991/92... depois de ter vencido, a temporada passada, o Campeonato Nacional e quebrado um jejum de mais de 20 anos. Fotos: Paulo Faria.

Juliana Antunes Rosas, autora de 23 pontos, foi a melhor pontuadora do jogo, enquanto Ana Frare, com 18 pontos, foi a famalicense mais concretizadora. Ver estatística aqui

O AVC Famalicão/Leica entrou bem no jogo (5-2), o Leixões SC logrou igualar as forças (8-8), com um serviço de Emília Oliveira, (único) reforço oriundo do Brasil, mas a equipa orientada por Paulo Almeida afastou-se novamente no marcador (14-9), valendo-se da eficácia nas acções junto à rede da internacional Carina Moura.
Um bloco sólido do AVC deu uma vantagem de seis pontos (18-12) e fez Mário Martins tocar a reunir as campeãs nacionais.
Confiantes e eficazes no bloco, as famalicenses aproveitaram bem a desconcentração defensiva das suas adversárias e foram somando pontos até ao triunfo por números desnivelados: 25-15.

O Leixões Sc entrou de rompante no segundo parcial (5-2), mas as famalicenses conseguiram reequilibrar (5-5) com pontos de Marluci Toazzi (serviço) e Ana Frare (ataque).
Novo pressing das campeãs nacionais, recompensado com três pontos consecutivos (8-5). À chegada ao segundo tempo técnico, a diferença era já de cinco pontos (16-11), com o AVC Famalicão/Leica a denotar dificuldades em suster os serviços da distribuidora Ana Couto.
Um ataque ao primeiro toque da capitã Catarina Costa complicou ainda mais a vida à formação de Paulo Almeida (18-12).
Dois pontos no ataque rubricados por Emília e um bloco individual de Eduarda Duarte (22-14) catapultaram as leixonenses para o triunfo por 25-18.

No terceiro set, o AVC voltou a começar melhor e a distanciar-se um pouco, com um ponto de Aline Timm Rodrigues (5-3), e logrou manter-se na liderança do marcador à chegada à primeira paragem obrigatória (8-6).
Dois pontos no ataque de Juliana Rosas deram a igualdade (8-8).
Oito pontos consecutivos colocaram as matosinhenses em posição privilegiada na recta final do set (22-16) e sentenciaram o desfecho, não obstante a reacção aguerrida mas tardia das famalicenses: 25-22, com um ataque de Catarina Costa.

No quarto set, o AVC conseguiu reduzir uma diferança substancial (15-10), mas o Leixões logrou chegar com uma «lamofafa pontual» confortável ao segundo tempo técnico (16-12).
Dois ataques de segunda linha de Juliana Rosas impulsionaram as leixonenses (19-14), mas as famalicenses, fortemente apoiadas no Pavilhão Gimnodesportivo de Vila Flor, responderam à altura e passaram para a frente no marcador (20-19), com um ataque à linha de Fabiola Gomes e outro da central Aline.
Contudo, a experiência das jogadoras do Leixões SC foi determinante nos momentos cruciais e a vitória da equipa de Mário Martins acabou por acontecer aos 25-22.

No final, Ana Couto, distribuidora do Leixões SC, revelou:
"O segredo disto tudo é o plantel. Só fizemos uma alteração relativamente à equipa que recuperou o título de campeã nacional após 20 anos de interregno e jogamos juntas há já três anos, pelo que nos conhecemos muito bem. Isso é um factor que pesa a nosso favor.
Para o clube é a melhor recompensa que lhe podemos dar, pois está em crescimento.
Continuamos ambiciosas, mas estamos conscientes de que a revalidação do título no Campeonato Nacional vai ser difícil, pois para além do Leixões e do AVC, o Porto Vólei e o Clube K vão contribuir para uma competição muito disputada e equilibrada"
.

Mais declarações aqui

Na lista dos vencedores deste troféu disputado pelas campeãs nacionais e pelas vencedoras da Taça de Portugal, o destaque vai para o Castelo da Maia GC, que, no seu historial, ergueu o troféu por seis vezes consecutivas.
O Boavista FC e o Leixões SC, com três vitórias, o CR Estrelas Avenida, com dois triunfos, e o Atlético VC e o Porto Vólei, com um, completam o leque de vencedores.

Mais informações: www.fpvoleibol.pt / www.facebook.com/fpvoleibol

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS