18-SETEMBRO-2017
PHELPS À CONQUISTA
DO CAMPEONATO ALEMÃO

Phelipe Mendes Martins, mais conhecido como Phelipe Martins ou simplesmente Phelps, representa na época 2017/2018 as cores dos alemães do SV Schwaig, da 2. Bundesliga.

O internacional português e ex-jogador do SC Caldas, está ansioso por começar a competir na II Divisão alemã para poder mostrar o seu valor, evoluir como jogador e, quem sabe, dar um salto para equipas mais competitivas na próxima temporada.

O central, de 26 anos e 2,01 metros, tem já um percurso considerável nos clubes portugueses e nas selecções nacionais de formação e de seniores.
Ver resumo do currículo desportivo aqui

Como encaras esta tua primeira experiência internacional?
Encaro-a como uma boa oportunidade para demonstrar o meu trabalho. Tive isso sempre em mente, jogar fora do País para evoluir como jogador e também a nível pessoal.

Quais são as ambições do teu novo clube?
O grande objectivo é conseguir subir de divisão, sendo que no ano passado ficaram em segundo
lugar, mas todos estão conscientes de que não será nada fácil, pois o campeonato é muito
equilibrado e recheado de equipas com um bom nível de Voleibol
.

E os teus objectivos?
O meu maior objectivo é conseguir manter-me a titular em todos os jogos. Tenho uma boa
concorrência na minha posição, por isso tenho que estar sempre a cem por cento
.

Após fazeres parte das selecções de formação, em Julho de 2016 foste chamado a representar na Liga Mundial a Selecção de Seniores, onde te manténs. Como viveste esse momento?
Foi uma experiência incrível e mais um sonho concretizado, o de jogar ao mais alto nível!
O grupo de trabalho da Selecção Nacional apoiou-me sempre, ajudando-me a superar algumas limitações técnicas e sinto que no final já consegui responder bem às responsabilidades de jogar ao mais alto nível.
O momento que mais me marcou foi o estágio que fizemos no Brasil, no âmbito do chamado «Desafio de Ouro», e defrontar os brasileiros, campeões olímpicos, num estádio de futebol com uma assistência de mais de 40.000 espectadores
.

Que jogadores foram ou são uma referência para ti?
O João José, que foi um dos melhores centrais do mundo e, actualmente, a minha maior referência é o central do clube brasileiro Sada Cruzeiro, o cubano Robertlandy Simón.

Os jogos do SV Schwaig podem ser seguidos aqui

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS