Federação Portuguesa de Voleibol - Notícias

15-DEZEMBRO-2016
MUNDIAL 2017: SELECÇÕES
NACIONAIS «VÃO JOGAR EM CASA»


 FOTOS: Arménio Belo

As poules europeias de qualificação para os Campeonatos do Mundo de Sub-21 Masculinos e de Sub-20 Femininos, ambas a realizar, de 6 a 8 de Janeiro de 2017, na cidade de Viana do Castelo foram hoje apresentadas formalmente pela Federação Portuguesa de Voleibol e pela Câmara Municipal de Viana do Castelo (CMVC), organizadoras e promotoras das competições.

Todos os jogos serão disputados no Centro Cultural de Viana do Castelo, pavilhão que tem a assinatura do arquitecto Souto Moura e que fará a sua estreia desportiva internacional com a realização das poules de qualificação.
Ver mais informações sobre as poules aqui e convocados aqui

Na conferência de Imprensa, que decorreu no Salão Nobre da CMVC, José Maria Costa, Presidente da autarquia, fez as honras da casa.
“Neste momento, a cidade tem uma equipa na I Divisão Nacional, o Voleibol Clube de Viana, e o Voleibol foi sempre uma modalidade bastante querida no concelho, pelo que aproveitaremos esta ocasião para continuar a transmitir aos mais jovens os valores da prática desportiva, sobretudo do Voleibol, uma modalidade marcada por um grande espírito de entreajuda e pela ética, valores que assumirão grande importância ao longo da sua vida em sociedade”, referiu o edil, salientando:
“Agradecemos esta oportunidade de divulgar a nossa cidade à Federação Portuguesa de Voleibol e à Comunicação Social e aproveitamos para lançar um apelo aos vianenses para que venham ao Centro Cultural apoiar as nossas selecções”.

Álvaro Lopes, Presidente da FPV, destacou:
Trata-se de uma fase de apuramento extremamente difícil, mas o mais importante é que as nossas selecções consigam, mais uma vez, prestigiar o Voleibol, a cidade de Viana do Castelo e o desporto nacional.
Sabemos da força dos adversários que vamos enfrentar nestas poules, mas temos nas selecções de formação jovens com talento que estão agora despontar e consideramos que nada é impossível.
Contamos com o apoio dos vianenses para atingir nos nossos objectivos e é para nós motivo de grande orgulho inaugurarmos desportivamente o Centro Cultural
”.

Por seu turno, Hugo Silva, Coordenador Nacional das Selecções e Treinador Principal dos Sub-21, destacou o apoio prestado ao Voleibol por parte do município vianense, tomando como exemplo o Viana Voley Cup, cuja sexta edição será disputada este mês (dias 26, 27, 28 e 29).

“Isto mostra a aposta da Câmara de Viana do Castelo no Voleibol e o apoio que está a dar a esta fase de apuramento para o Campeonato do Mundo, ao mesmo tempo que evidencia a qualidade a que quer chegar”, frisou o Selecionador Nacional, salientando:
“Para nós, é uma motivação extra disputarmos estas poules em Viana do Castelo, porque é uma cidade do Voleibol, com gerações de praticantes e que sabe ver e discutir a modalidade
”.

Sobre as hipóteses de apuramento de Portugal, tanto em Sub-21 masculinos como em Sub-20 femininos, o Coordenador Nacional das Selecções foi peremptório:
Temos consciência de que estamos defrontar selecções das mais difíceis da Europa, o continente que apresenta maior qualidade a nível de alta competição, o que torna extremamente difícil conseguir o apuramento para as finais das competições.
Em masculinos, os adversários mais fortes, pela tradição e títulos alcançados, serão a Sérvia e a Holanda.
Em femininos, a Polónia e a Bélgica são selecções com imensa tradição, sobretudo nestes escalões, mas congratulamo-nos pelo desenvolvimento que tem havido no Voleibol feminino, pois deve ser a única modalidade em que o número de atletas femininos ultrapassa, em muito, o dos masculinos.
Os «manos» Cunha [gémeos Miguel e Bruno], atletas de referência que são chamados à Selecção Nacional há já três anos, são naturais desta cidade acolhedora e, tal como eles, sentimo-nos em casa sempre que estamos em Viana do Castelo.
Vamos procurar responder em campo ao apoio que sempre sentimos e tentar dignificar o prestígio que Portugal já tem a nível mundial e o interesse de Viana em elevar a cidade a outros patamares
”.

Miguel Cunha foi o porta-voz dos «manos» Cunha:
É um prazer enorme disputar a qualificação para um Campeonato do Mundo em Portugal e uma honra por ser em Viana do Castelo, cidade que nos viu nascer, onde já jogamos e, quem sabe, um dia, poderemos voltar a jogar”.

Informações adicionais: www.cev.lu / www.fivb.com  

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS