25-FEVEREIRO-2016
GIRA-VOLEI ANIMA ENCONTROS
ESCOLARES NO ALENTEJO E ALGARVE

Núria
 

De Silves a Castro Verde e com uma passagem por Albufeira, o Gira-Volei não pára no Alentejo e no Algarve.
A Associação de Voleibol do Alentejo e Algarve (AVAL) aposta esta época no reforço da divulgação do projecto Gira-Volei pelo maior número possível de escolas da sua área de intervenção. Esta medida está a ter um sucesso significativo porque o número de Centros e o número de atletas não param de crescer.

É com muito entusiasmo que os atletas recebem o projecto na sua escola e também com um reforço motivacional muito forte, que combina a alegria da prática desportiva com a vontade de dar continuidade à sua participação nos clubes locais existentes.

Numa tarde magnífica para a promoção do Voleibol através do Gira-Volei, a AVAL deslocou-se a Algoz, concelho de Silves, e proporcionou momentos de alegria a mais de 130 jovens na EB1 local.
Apenas alguns dias volvidos, foram os alunos de Santa Bárbara dos Padrões, concelho de Castro Verde, que tiveram o seu primeiro contacto oficial com a modalidade, apesar de treinarem diariamente nos dois campos de Voleibol permanentemente montados para o efeito.

A força e a presença do Gira-Volei na região do Baixo Alentejo assumem uma dimensão própria, que está a permitir a criação de novos clubes com secções de Voleibol organizadas, tal como está presentemente a acontecer em Castro Verde com o Núcleo do Sporting a avançar com esta ideia.

Mas o Gira-Volei é dinâmico por natureza e não pode parar! Amanhã, a AVAL estará representada na EB1 de Ferreiras, pertencente ao Agrupamento de Escolas de Ferreiras, em Albufeira, terminando assim a sua excursão desportiva prevista para este mês de Fevereiro.

O professor Ruben Lança, responsável pela dinamização de algumas iniciativas desenvolvidas pela AVAL, destaca a “potencialidade enorme que o Gira-Volei encerra na captação de atletas e na ajuda à constituição de clubes”.

Ruben Lança será um de quatro treinadores responsáveis pelo projecto de Voleibol no novo clube associado de Castro Verde, deixando no ar a ideia que o Gira-Praia e o Voleibol de Praia serão alvo de uma “atenção especial por parte desta nova estrutura, aproveitando todos os recursos disponíveis na comunidade”.

Toda a informação está disponível na página da AVAL aqui  

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS