21-OUTUBRO-2015
VALDIR ENTRA A VENCER
NO CAMPEONATO ISRAELITA

Foto
 

Valdir Sequeira, que na época passada representou o SC Espinho, no Campeonato Nacional, está já a facturar pelos israelitas do Maccabi Tel Aviv.

A opção pelo estrangeiro não é nada de novo na carreira do oposto/z4 da Selecção Nacional de Seniores Masculinos.
A aventura internacional começou com os italianos do Prisma Taranto, em 2005/2007.
Desde então, Valdir passou, com assinalável êxito, pelos alemães do General Haching, pelos italianos do Monini Marconi Spoleto, Stamplast Martina Franca, Copra Volley Piacenza, Eurogroup Gela e Cassa Rurale Cantù e pelos austríacos do SK Posojilnica Aich/Dob. [Ver currículo aqui]

Agora, com as cores do Maccabi Tel Aviv, De Sousa – como aparece na ficha de jogo – entrou a vencer na Liga Israelita, tendo derrotado pela margem máxima (3-0: 25-11, 25-18 e 25-18) o Hapoel Jerusalém, com o artilheiro lusitano a rubricar 17 pontos (13 ataques, 2 serviços e 2 blocos), cotando-se como o segundo melhor pontuador do jogo.
"Esta é mesmo uma aventura nova, não devido à qualidade do Campeonato, mas sobretudo pela situação no país.
Fui bem recebido no Maccabi e estão todos muito entusiasmados e com vontade de me ver a 100% da minha forma física/técnica, pois ainda estou fora de forma, tenho que recuperar ainda 4 Kg para voltar ao peso normal”, revela, adiantando:
“Os objectivos do Maccabi são como os de todos os clubes: quer ganhar tudo, desde a Taça ao Campeonato, pois nos últimos dois anos perderam as finais das duas competições”.

A tensão constante vivida em Israel colocou “o país está em estado de alerta e os directores do clube e os meus próprios colegas dizem que não é a melhor altura para se conhecer Israel, mas que é um país maravilhoso.
Ainda não conheço bem a zona onde vivo, pois o percurso que me limito a fazer é apenas casa/treino, treino/casa, mas, pelo que vejo e ouço, a cidade onde estou (Tel Aviv) parece-me tranquila.
A primeira impressão que tenho é que Israel é um país como Portugal, com gente acolhedora e bastante humilde. Não estou é ainda habituado ao clima de cá, pois as temperaturas são maravilhosas, entre 28 e os 33 graus, mas com a agravante da humidade ser elevada, mesmo sentados à sombra, estamos a escorrer suor, o que me faz recordar Angola”, salienta Valdir, concluindo:
“Gostaria de aproveitar a oportunidade para deixar um voto de bom campeonato a todos os meus colegas da Selecção Nacional”.

Portugueses na Europa
(inscritos ou com inscrição iniciada)

Anderlecht Volley Team (Bélgica) – Frederico Siqueira

Spacer's Toulouse Volley – Marco Ferreira

LPR Piacenza (Itália) – Miguel Rodrigues

Ziraat Bankasi (Turquia) – Alexandre Ferreira

Maccabi Tel Aviv (Israel) – Valdir Sequeira

Chênois Genève (Suíça) – Rui Santos

VBC Laufen (Suíça) – Diogo Figueiredo

Noliko Maaseik (Bélgica) – Nuno Pinheiro

Haro Rioja Voley – Núria Silva

AS Monaco VB (França) – Ana Carolina Silva

Volley Club Mâconnais (França) – Cátia Rodrigues

Volley Club de Plaisir - Villepreux (França) – Diogo Madureira

TV Ingersol Buhl (Alemanha) – Filipe Carrasco Soares

Volley-Ball Nantes (França) – Keyla Ramos

Team South Wales (Inglaterra) – Ana Sofia Santos e Mara Mata

Volleyballclub Volero Zuric( Suíça) – Adelino Emanuel Martins

Volley Club DCA Saint-Ghislain (Bélgica) – Margarida Vicente Madeira

Thonon Volleyball Club (Suíça) – Luís Miguel Silva

Informações adicionais: www.cev.lu / www.facebook.com/fpvoleibol  

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS