28-AGOSTO-2015
ITALIANOS E ESLOVENOS
NO CAMINHO DOS PORTUGUESES


O torneio de masculinos do Campeonato da Europa de Sub-22, que está a decorrer na Praia da Ribeira, na Albufeira do Azibo, em Macedo de Cavaleiros, conheceu hoje o seu segundo dia de competição.

Carimbaram a passagem directa para a 2.ª Ronda, os campeões europeus em título, os noruegueses Sorum e Sannarnes, e os seus compatriotas Mol e Berntsen, apenas 32.ºs na lista de entrada do Europeu, mas que passearam na Poule A, não permitindo qualquer veleidade aos seus adversários, os alemães Harms e Schneider e Rudolf e Wickler, os polacos Bryl e Kujawiak, os franceses Di Giantommaso e Thiercy, medalha de bronze no Mundial de Sub-21, os austríacos Ermacora e Pristauz-Telsnigg e os checos Perusic e Vana.

Primeira baixa de vulto: Oleg Stoyanovskiy e Artem Yarzutkin, 1.ºs classificados nos Jogos Olímpicos da Juventude e 5.ºs no Mundial de Sub-19 (Porto, 2014), abandonaram hoje a competição devido a doença (febre) de Oleg.

Quanto aos portugueses, Bernardo Silva e Bernardo Leite garantiram o apuramento para a 1.ª Ronda no último jogo da Poule E, com um triunfo (2-1: 21-23, 21-17 e 16-14) sobre os espanhóis Hugo Rojas e Lorenzo Arabisen, tendo aproveitado bem o apoio do público e o incentivo dos seus colegas da Selecção Nacional de Voleibol de Praia.

Amanhã, defrontam os italianos Giacomo de Fabritis e Davide Pellegrino (8.ºs do ranking), 2.ºs classificados na Poule H.

Bernardo Silva admitiu:
“É verdade que nos calhou uma dupla forte, mas nesta fase todos os adversários são complicados. Se jogarmos como fizemos frente aos espanhóis, com a vontade de vencer que demonstrámos e com o público sempre a puxar por nós, acreditamos que tudo será possível”.

Diogo Maia/Tomás Silva, a dupla n.º 1 de Portugal, vai defrontar os eslovenos Simon Kosir e Jernej Tomazin.
Ricardo Rocha, Seleccionador Nacional e Treinador que acompanha o duo lusitano no Europeu de Sub-22, reconheceu:
“Conhecemos bem um dos jogadores da dupla da Eslovénia, que defrontámos no Europeu de Sub-20 [Diogo e Tomás alcançaram o 8.º lugar], no ano passado, e temos de ser realistas e dizer que provavelmente é um dos melhores sorteios que podíamos ter tido. Mas não vamos dizer que será fácil, pois as equipas que passaram a esta fase são todas equilibradas e nós só estando no nosso melhor é que poderemos superá-las”. Ver vídeo

Pombeiro/Jardim: Após
a vitória, a decepção

Francisco Pombeiro e José Jardim, medalha de prata no Torneio de Sub-21 da WEVZA, venceram, no último jogo da Poule, os belgas por 2-1 (15-21, 21-11 e 15-12), mas seriam estes a apurar-se como 3.ºs classificados devido à diferença favorável no rácio de pontos…

Pombeiro e Jardim não conseguiam esconder o seu desencanto:
“Tivemos apenas alguns minutos para festejar. Depois de as contas [desempate entre três duplas] serem feitas, ficámos a saber que não passámos à 1.ª Ronda por cinco pontos.
Batemo-nos bem contra as duplas do nosso grupo. Estamos a disputar um Europeu de uma idade dois anos acima da nossa e calhou-nos em sorte o vice-campeão europeu de Sub-22 do ano passado, os suíços, e os terceiros do Mundial de Sub-21, os franceses, e uma dupla belga também muito forte. Tínhamos um grupo muito difícil mas mesmo assim não tivemos um jogo em que achássemos que não poderíamos ter vencido ou que os outros eram claramente mais fortes. Por isso, saímos daqui com essa perspectiva muito positiva.
Em relação aos resultados dos últimos fins-de-semana, a medalha de prata na WEVZA e o tricampeonato nacional de Sub-20, esta é uma situação completamente diferente. Mas como tinha salientado na altura, festejámos esses momentos e depois concentramo-nos totalmente no Campeonato da Europa de Sub-22. Agora que acabou, estamos já a focar-nos no Europeu de Sub-20, onde também iremos enfrentar duplas com um nível de jogo muito elevado”. Ver vídeo

Ver Calendário de jogos aqui

Mais informações: www.cev.lu / Website oficial / www.facebook.com/fpvoleibol

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS