08-AGOSTO-2015
WEVZA: QUATRO DUPLAS
PORTUGUESAS NAS MEIAS-FINAIS

Os torneios de Sub-21 e Sub-19 que estão a decorrer na Praia da Ribeira, na Albufeira do Azibo, em Macedo de Cavaleiros entram amanhã em fase decisiva, com a realização das respectivas meias-finais e finais, que podem ser seguidas em directo pelo sistema de live stream e na Bola TV.

E, para gáudio do público local, quatro duplas portuguesas vão estar a discutir um lugar nas finais. Em Sub-21, Francisco Pombeiro/José Jardim e, em Sub-19, Bárbara Freitas/Sara Lourenço, João Nuno Pedrosa/João Alves e Diogo Pereira/Bruno Santiago, com a curiosidade de os portugueses enfrentarem os seus compatriotas às 9h50, o que garante, desde logo, a presença de uma dupla lusa na final.

Francisco Pombeiro/José Jardim vs Bouter/Van Steenis (Holanda) e Gauthier/Rat-Loiseau (França) vs Storh/Hams (Alemanha), estes como 2.º melhor classificado dos dois grupos são os jogos das meias-finais do Torneio de Sub-21 masculinos, cuja final está agendada para as 16h50 de amanhã.

Antes, disputam-se as meias-finais de femininos, que opõem as francesas Richard e Placette (1.º Grupo A) às germânicas Kozcian e Welsch e as gaulesas Chamreau e Lusson às holandesas Stubbe e Zwaanswijk, estando ambos os jogos agendados para as 9h00. A final está marcada para as 15h00.

Francisco Pombeiro e José Jardim mostraram que a experiência como dupla em competições internacionais anteriores, como o Mundial de Sub-19, foi bem aproveitada, tendo vencido pela margem máxima os jogos com as duplas espanhola Huerta/Sanchez e holandesa Penninga/Van der Ham, este último um dos vencedores do torneio de Sub-21 realizado no ano passado no Azibo.
"Temos a sorte de jogar juntos há vários anos e sermos muito amigos. Este é o nosso quarto ano como dupla e creio que é um factor que nos dá vantagem em relação às outras duplas que trocam de atletas algumas vezes, pois tem uma influência benéfica para nós".

Vitória no jogo inaugural pode constituir um bom prenúncio para a prova destes atletas.
"É sempre bom entrar a ganhar, pois dá-nos ainda mais confiança. Seja em competições em que enfrentamos atletas da nossa idade, seja frente a atletas mais experientes, como nesta prova,
entrámos em competição sempre com a perspectiva de evoluirmos ao máximo, sobretudo, e de nos divertirmos a fazer aquilo que mais gostamos, que é jogar Voleibol e aquilo que é o nosso maior orgulho, que é representar Portugal. Depois, como é óbvio, queremos vencer uma competição", referem, salientando:
"Este Torneio da WEVZA é muito importante para os atletas ganharem experiência competitiva a nível internacional e no caso concreto desta prova, assume ainda maior importância pois daqui a sensívelmente duas semanas a Albufeira do Azibo vai ser palco do Europeu de Sub-22 e dá para nos prepararmos melhor e ganhar competitividade frente às outras duplas estrangeiras".

Em femininos, as francesas Alexia Richard / Lezana Placette criaram sensação ao apurarem-se para as meias-finais de Sub-21 após derrotarem, sucessivamente, as alemãs Bieneck-Nestler, as portuguesas Paquete-Coelho e as holandesas Stubbe-Zwaanswijk.
"Está a correr como queríamos. Tínhamos o objectivo de passar a fase de grupos e disputar um lugar na final. Está a ser muito bom para nós porque vamos disputar o Campeonato da Europa de Sub-22 [26 a 30 de Agosto, na Albufeira do Azibo] e vamos enfrentar algumas duplas que estão aqui. O nível deste torneio parece-nos bom e é excelente para a nossa preparação."

Grande desilusão acabou por ser a dupla espanhola Aida Etxebarria/Nerea Izaguirre, campeã Sub-21 em 2014 e que vai disputar amanhã (9h50) com Vanessa Paquete/Gabriela Coelho um dos jogos de atribuição do 5.º ao 8.º lugar.

Em relação às duplas locais, Vanessa Paquete e Gabriela Coelho entraram com o pé esquerdo na competição - 0-2 (), frente às holandesas Stubbe-Zwaanswijk - e terminaram ainda pior, pois no terceiro e último jogo, perderam, por desistência (lesão de Gabriela), com as germânicas Bieneck-Nestler.

Mariana Maia e Francisca Silva disputam amanhã (9h00), com as alemãs Kozcian e Welsch o jogo de atribuição dos 5.º ao 8.º lugares.

Em Sub-19, Bárbara Freitas e Sara Lourenço apuraram-se para as meias-finais ao assegurarem o 2.º lugar no Grupo A, com uma vitória por 2-0 sobre a dupla espanhola Soler/Pérez e uma derrota pela margem mínima com as alemãs Körtzinger e Seeber.
As jovens jogadoras portuguesas estão confiantes para a jornada de amanhã, na qual defrontam, nas meias-finais, as alemãs Lena Günther e Andrea Harbring. Ver declarações aqui.

Júlia Gaspar e Margarida Vasques disputam amanhã (11h30) o jogo de atribuição dos 5.º e 6.º lugares com as espanholas Soler e Pérez.

Em masculinos, João Nuno Pedrosa e João Alves defrontam os seus compatriotas e amigos Diogo Pereira e Bruno Santiago, o que garante, desde logo, a presença de uma dupla lusa na final.
Após assegurarem o primeiro lugar no Grupo A, só com vitórias, Diogo e Bruno só tem uma palavra de ordem: "Vencer". Ver declarações aqui.

Após ter recebido em 2014, com assinalável êxito, o primeiro Torneio de Sub-21 de Voleibol de Praia da WEVZA, a aprazível Praia da Ribeira, na Albufeira do Azibo, em Macedo de Cavaleiros, recebe este fim-de-semana as competições de Sub-19 e Sub-21, que decorrem, em simultâneo, naquela que é justamente considerada uma das sete maravilhas de Portugal.
Segue-se
mais uma edição das finais dos Campeonatos de Duplas, a realizar de 14 a 16 de Agosto, e de 26 a 30 de Agosto a organização, sob a égide da Confederação Europeia de Voleibol (CEV), do Campeonato da Europa de Sub-22, em masculinos e femininos.

Nota informativa: A WEVZA, que foi constituída no dia 26 de Setembro de 2013, integra oito países – Portugal, Espanha, Alemanha, Bélgica, Itália, Holanda, França e Suíça – e tem como Presidente o espanhol Agustín Martín Santos, Presidente da Real Federação Espanhola de Voleibol (RFEVB), e como Vice-Presidentes o português Vicente Araújo, Presidente da FPV, e o holandês Hans Nieukerke, Presidente da Federação Holandesa de Voleibol.

O objectivo primordial desta associação zonal é fortalecer e fomentar a organização de actividades desportivas, tanto de Voleibol como de Voleibol de Praia, com especial ênfase nas categorias de formação.

A Confederação Europeia de Voleibol (CEV) conta com seis associações zonais: a WEVZA (Europa Ocidental), a BVA (Balcãs), a EEVZA (Europa de Leste), a MEVZA (Europa Central), a NEVZA (Europa do Norte) e ainda a SCD (Divisão dos Pequenos Países), da qual fazem parte Andorra, Chipre, Ilhas Faroe, Gibraltar, Gronelândia, Islândia, Irlanda, Liechtenstein, Luxemburgo, Malta, Mónaco, Irlanda do Norte, San Marino, Escócia e País de Gales.

Mais informações: www.fpvoleibol.pt/WEVZA / www.facebook.com/fpvoleibol / www.wevza.com

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS