03-MAIO-2015
JUNIORES MAIATOS
BICAMPEÕES NACIONAIS


O Castêlo da Maia Ginásio Clube sagrou-se este domingo bicampeão nacional de Juniores Masculinos 2014/2015, após ter-se superiorizado à Associação Académica de São Mamede por 3-1 (27-25, 25-23, 23-25 e 25-21) na Final da Fase Concentrada de Apuramento do Campeão, que teve lugar no Pavilhão de Desportos de Vila de Conde, numa organização da Federação Portuguesa de Voleibol, em conjunto com o Ginásio Clube Vilacondense.

Para chegar ao tão ambicionado troféu, os maiatos tiveram que ultrapassar a AA Espinho na sexta-feira (3-1: 18-25, 25-22, 25-22 e 25-18) e o Leixões SC na meia-final, disputada no sábado (3-0: 25-16, 28-26 e 25-21), enquanto o vice-campeão bateu o Clube K (3-0: 25-14, 25-12 e 25-17) e o SL Benfica (3-1: 25-14, 22-25, 25-19 e 25-17). [Ver resultados completos da Fase Final]

No jogo da Final, Castêlo da Maia GC e AA São Mamede esgrimiram os seus melhores argumentos.
O set inicial deu o mote para o jogo equilibrado com que as duas equipas deliciaram os adeptos do Voleibol, com a alternância constante de liderança no marcador. Nunca houve uma equipa claramente superior à outra, o que fica demonstrado pelos parciais, dando razão aos que diziam estarmos perante as duas melhores equipas do torneio.

No fim do jogo, Filip Cveticanin, do C. Maia GC, foi o porta-voz do contentamento.
“É um sentimento que não consigo explicar; é sensacional. Estou muito contente porque trabalhamos o ano todo para estar aqui e é bom quando todo o esforço é recompensado”, salientou o central maiato, que não terá grande tempo para festejos:
“Agora, tenho que me concentrar em ajudar a equipa sénior no playoff com o CA Madalena e depois estarei concentrado na Selecção Nacional”.

Opiniões que foram partilhadas pelo seu treinador.
“Foi uma final emocionante contra uma equipa muito forte que já sabíamos que nos iria causar muitas dificuldades. Aliás, todos os jogos que fizemos nesta fase final foram jogos muito difíceis, por isso, não poderia estar mais satisfeito e orgulhoso da minha equipa, que cumpriu rigorosamente o plano traçado para este jogo. Acho que, acima de tudo, mereceu este prémio”, afirmou Victor Pinto, acrescentando:
“Não nos considerávamos favoritos. Temos jogadores que fazem parte dos plantéis de seniores, juniores e juvenis e às vezes torna-se complicado juntar este grupo. Tivemos ainda que fazer algumas adaptações, por isso, não éramos claramente os favoritos. Viemos, sim, defender o nosso título e acho que o fizemos bem. O segredo foi muito trabalho. Estes jovens têm muito amor e dedicação ao clube, trabalham imenso e, acima de tudo, foi isso que pesou nesta final, mais do que tácticas. Estes jovens são excelentes atletas e excelentes pessoas e isso constitui uma verdadeira equipa”.

Por seu turno, Teodoro Neto, treinador da AA S. Mamede, salientou:
“Entrámos muito ansiosos e falhámos muitos serviços. Nunca conseguimos colocar pressão no meio, onde o seu melhor atacante conseguiu construir muito jogo, o que causou grandes dificuldades à nossa equipa. Sempre que conseguíamos equilibrar o resultado, falhávamos num serviço ou numa jogada fácil, coisa que o adversário não fez, por isso e pelo jogo que fizeram, são merecedores desta vitória e daqui endereço-lhes os meus parabéns”.

“O resultado revelou o equilíbrio que houve. Já nos tínhamos defrontado na fase regular, mas com as equipas desfalcadas dos jogadores que também já jogam pelos seniores, por isso. era uma incógnita o modo como se iam encaixar no jogo. O Castêlo jogou melhor e foi um justo vencedor”, garantiu Teodoro Neto, afirmando ainda o seu orgulho no grupo de trabalho:
“Estou claramente orgulhoso da minha equipa. Fizeram uma época excelente, foram campeões regionais, com apenas uma derrota, e agora veio a segunda em toda a época, por isso, era difícil pedir mais”.

O Sport Lisboa e Benfica fechou o pódio, vencendo o Leixões Sport Club por 3-1 (25-20, 21-25, 25-23 e 25-15) no jogo de atribuição dos 3.º e 4.º lugares, que antecedeu a partida da final.



Ranking final

1.º Castêlo da Maia GC
2.º AA São Mamede
3.º SL Benfica
4.º Leixões SC
5.º AA Espinho
6.º Esmoriz GC
7.º CV Oeiras
8.º Clube K

Ver Galeria de Fotos

Mais informações: www.fpvoleibol.pt/nacional / www.facebook.com/fpvoleibol
 

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS