24-MARÇO-2015
1.º DIA DAS SELECÇÕES
EM MIRANDA DO DOURO


 

A comitiva das Selecções Nacionais de Sub-16 e Sub-17 chegou ontem a Miranda do Douro depois de cerca de 3 horas e meia de uma viagem que decorreu de forma tranquila.

Após o almoço, e sem demonstrarem sinais de cansaço, os atletas fizeram um pequeno passeio pela zona histórica do município.
Liderada pelo Seleccionador Nacional, Hugo Silva, a comitiva teve o seu primeiro contacto com as ruas pitorescas, descobrindo as belas paisagens do Douro a partir das muralhas que cercam a Sé Catedral de Miranda do Douro, antes de ser recebida nos Paços do Concelho pelo Presidente da Câmara Municipal de Miranda do Douro, Artur Nunes, o qual deu as boas-vindas aos atletas e staff técnico envergando a capa de honra tradicional da região e dirigindo umas palavras em Mirandês.
"Primeiro que tudo, quero agradecer a vossa presença e faço votos para que o vosso estágio corra pelo melhor possível e que fiquem com vontade de regressar", desejou.
Sobre a importância que tem este estágio para o município, o edil referiu:
"É de extrema importância, em primeiro lugar, porque valoriza o interior, o concelho de Miranda do Douro e valoriza Portugal... uma vez que tanto o interior como Miranda do Douro fazem parte deste País. Por isso, receber aqui as selecções dá-nos essa grandeza e vem contribuir para um Portugal único como um todo. Termos aqui o Voleibol dá-nos outra dinâmica e uma outra perspectiva do desporto, principalmente aos nossos jovens".
Para finalizar, o Presidente da CM Miranda do Douro deixou uma mensagem aos jovens atletas:
"Acreditem no desporto; acreditem no Voleibol. Estamos todos de olhos postos em vós, no trabalho que desenvolvem e no vosso sucesso, pois quanto mais longe forem, mais orgulhosos ficaremos pelas vossas conquistas e pela representação de Portugal".

Pela parte da comitiva, o porta-voz foi Fernando Luís, Treinador Principal da Selecção Nacional de Sub-16 Femininos:
"Elogio o Dr. Artur Nunes e agradeço as suas gentis palavras. O efeito do desporto nestes jovens é de facto muito importante para a sua vida futura. Gostaria de referir que apenas aqueles com sucesso escolar podem cá estar, por isso a vida académica estará sempre em primeiro lugar. Espero que os atletas aproveitem este momento para conviver entre eles, que se formem como bons cidadãos e que sejam uma referência para outros. Aqui terão disciplina e responsabilidade, o que será de certeza muito importante para o futuro.
Estes estágios não podem ser vistos como sacrifícios, mas antes como algo salutar e por isso agradecemos à Câmara Municipal de Miranda do Douro a oportunidade que lhes está a dar ao receber-nos desta forma".

A meio da tarde, as selecções treinaram pela primeira vez neste estágio, no pavilhão da Esc. EB 2/3 de Miranda do Douro.
Numa sessão que durou cerca de 2h30, sob a orientação de Hugo Silva, Fernando Luís, Eduardo Jamal e Rui Moura, o trabalho físico e técnico foi o prato forte.
No final do treino, o Coordenador das Selecções Nacionais e Treinador Principal dos Sub-17 Masculinos neste estágio, Hugo Silva, fez o balanço:
"Este é o segundo momento em que conseguimos juntar esta Selecção de Cadetes, que irá disputar a uma competição internacional de relevo em 2017. São dois anos de preparação que têm em vista o arranque de um projecto de qualidade, visto ser um conjunto de jogadores de elevado potencial. Neste momento, temos de avaliar a forma como iremos trabalhar com estes atletas, pelo potencial que evidenciam, e uma das formas de o fazer seria colocar este jovens a competir como clube/selecção. Isso seria o ideal para em 2017 estarmos em condições de alcançar um óptimo resultado. Este estágio visa avaliar os novos jogadores e reavaliar aqueles que já estiveram connosco em Palência, Espanha.
Os atletas poderão esperar um trabalho essencialmente técnico, pois vamos trabalhar o modelo de jogo para que comecem a perceber o que pretendemos enquanto selecção.
Será um trabalho de refinamento e de conhecimento entre os atletas para que possam confiar no colega que está ao lado e joguem como equipa.
Apesar de no primeiro treino existirem vários «tempos mortos», este primeiro contacto foi importante especialmente para explicar os exercícios e o porquê de querermos que as coisas sejam feitas de determinado modo. Por haver muitas pausas, é sempre um treino difícil, mas estou confiante que o resto da semana vai correr bem e o trabalho será mais fácil".

Após o jantar, no Centro de Acolhimento Juvenil de Barrocas do Douro, houve ainda tempo para algum convívio entre os atletas.
Antes do recolher, dois deles deram a sua opinião sobre o primeiro dia deste estágio.

Daniela Abreu, 15 anos, distribuidora do CA Madalena:
"Este primeiro dia de estágio correu bem, treinámos bem e o primeiro contacto com as colegas e equipa técnica foi muito positivo. A equipa técnica é exigente quando é preciso, mas fora do treino são bastante acessíveis e divertidos. Estes estágios são muito importantes e enriquecedores, pois para além do aspecto desportivos dão-nos a possibilidade de conviver com pessoas novas que habitualmente não fazem parte do nosso dia-a-dia. Vai certamente ajudar a unir a equipa e a evoluir a nível colectivo e individual, preparando-nos melhor para as competições que se aproximam".

Diogo Alves, 16 anos, zona 4 do GC Santo Tirso:
"Este primeiro dia foi importante para conhecer os novos colegas. Fomos muito bem recebidos aqui em Miranda do Douro, é uma cidade muito bonita, só é pena o frio que se faz sentir.
Para mim, o aspecto mais «engraçado» do estágio é poder estar com colegas que habitualmente são rivais no campeonato. Podemos partilhar experiências e, acima de tudo, tornamo-nos amigos, o que é o mais importante, pois a Selecção só terá a ganhar com isso.
A equipa técnica é muito experiente, é um prazer trabalhar com o Seleccionador Nacional dos Seniores, o Prof. Hugo Silva, bem como o Prof. Eduardo Jamal, que cuidou da parte física. Gostei bastante e vamos ter a melhor orientação possível.
Vamos evoluir muito como equipa e como jogadores. Aqui podemos tirar outros ensinamentos complementares aos que nos são dados nos clubes e isso fará com que sejamos cada vez melhores e consigamos fazer frente aos nossos adversários quando a competição chegar.
Este não é o meu primeiro estágio, participei em Dezembro na Selecção que jogou em Espanha, por isso, espero partilhar a minha experiência com os mais novos, integrá-los no grupo da melhor maneira, por forma a que estes possam dar o seu melhor".

O estágio das Selecções Nacionais de Sub-16 femininos e Sub-17 masculinos chegará ao seu término na sexta-feira, após o almoço, altura em que a comitiva fará a viagem de regresso ao Porto. [Ver Programa]

Durante este estágio, organizado pela FPV com a colaboração da Câmara Municipal de Miranda do Douro, a comitiva portuguesa ficará alojada no Centro de Acolhimento Juvenil/Barrocal do Douro.
Contactos – Tel: 273 431 132 / 273 430 025 e Fax: 273 431 075.

A equipa técnica de masculinos é formada por Hugo Silva (Treinador Principal) e Eduardo Jamal (Treinador Adjunto).
Em femininos, a equipa técnica é composta por Fernando Luís (Treinador Principal) e Rui Moura (Treinador Adjunto).
Diogo Barata é o fisioterapeuta que acompanha as duas selecções.

Em 2015, e na vertente de pavilhão, os campeonatos da Associação Zonal de Voleibol do Oeste Europeu, mais conhecida pela sigla WEVZA (do inglês Western European Volleyball Zonal Association), de Sub-16 femininos e de Sub-19 masculinos realizam-se no mês de Julho na cidade espanhola de Valladolid (15 a 19 de Julho), cabendo à França organizar o torneio de Sub-18 femininos e à Itália o de Sub-17 masculinos (20 a 25 de Julho).

Informações adicionais: www.wevza.com / www.facebook.com/fpvoleibol / Portugal Volleyball Team  

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS