06-06-2018


PORTUGUESES CONQUISTAM PRESENÇA NA FINAL FOUR

A Selecção Nacional de Seniores Masculinos, comandada por Hugo Silva, venceu hoje (3-1: 19-25, 27-25, 25-21 e 25-19) a República Checa e apurou-se, como vencedor da Poule C, para a Final Four da Golden European League – a disputar na República Checa (Karlovy Vary), a 13 e 14 de Junho –, competição que dará acesso ao FIVB Volleyball Challenger Cup Masculinos 2018, a realizar de 20 a 24 de Junho em Matosinhos.

Portugal x República Checa, 3-1 (19-25, 27-25, 25-21 e 25-19)

1.º Set
Os portugueses entraram em jogo muito nervosos e mostraram-se muito perdulários, «oferecendo» seis dos oito pontos o seu adversário (5-8). Passada essa fase, o jogo ficou equilibrado (14-14). Os ataques de segunda linha dos checos(19-16), bem como os serviços de Donovan Dzavoronok (22-17), começaram a fazer estragos na defesa portuguesa. Resultado: 25-19.

2.º Set
Ascendente dos checos, que, embora ligeiro (4-1), se prolongou pelo set (14-11, 17-13). Na ânsia de criar pressão, Portugal continuava a desperdiçar serviços. Imperial no ataque, Alexandre Ferreira aproximou Portugal, que igualou aos 24 pontos por intermédio do seu capitão. Dois serviços directos de José Pedro Monteiro arrumaram a questão: 27-25.

3.º Set
Portugal reorganizou a sua defesa e manteve a pressão no ataque, tendo sido recompensado com a liderança do marcador (17-15). Dois pontos de Alex Ferreira, um no serviço e outro no ataque, selaram o set: 25-21.

4.º Set
Os checos entraram com tudo (7-4), mas a reacção dos portugueses foi letal (8-7), obrigando Michal Nekola a reunir com os seus jogadores. Fortemente apoiados pelo público, os lusitanos criavam pressão com o serviço e concretizavam os pontos no ataque até aos 25-19 finais, que carimbaram o passaporte para a Final Four.

Jan Hadrava, com 21 pontos, Donovan Dzavoronok, com 20, e Alexandre Ferreira, com 19, foram os melhores pontuadores do jogo.

Hugo Silva, treinador de Portugal, salientou:
"É um resultado histórico porque nos permite atingir a Final Four da primeira edição da Golden European League e significa que estamos entre as 10 melhores equipas da Europa, o que, considerando o panorama do Voleibol internacional, é o mesmo que dizer do mundo.
Agora que estamos na Final Four, queremos chegar à final".

Miguel Tavares Rodrigues, distribuidor de Portugal:
"Esta Selecção Checa é muito forte, creio mesmo que é uma das grandes candidatas à vitória na Final Four, que ainda por cima organiza perante o seu público. Entraram bem no jogo e nós cometemos muitos erros no serviço. Tivemos paciência e esperámos que o nosso jogo saisse, como aconteceu nos jogos anteriores. Contámos com a ajuda do Zé Monteiro para fechar o segundo set, a nossa confiança aumentou e conseguimos dois pontos de vantagem que nos deram a tranquilidade suficiente para comandar o jogo".

O checo Jan Hadrava, o melhor pontuador do jogo, com 21 pontos, salientou:
"Não esperávamos nada deste jogo, queríamos simplesmente ganhar. Agora temos de nos focar na Final Four. Esperamos, com o apoio do público checo, atingir a meia-final, pois o próximo jogo será o mais importante deste período para nós".



06-06-2018


BULGÁRIA GARANTE PRESENÇA NA FINAL FOUR

A Bulgária garantiu hoje uma presença na Final Four da Golden European League ao vencer, por 3-0 (25-15, 25-22 e 27-25) a Selecção Nacional de Seniores Femininos, liderada por Manuel Almeida, em jogo da sexta e última ronda da Poule A disputado no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos.

1.º Set
Portugal procurou sempre manter-se próximo da Bulgária no marcador, o que implicou desfazer algumas desvantagens perigosas (8-13, 10-14). Contudo, com Nasya Dimitrova no serviço, a equipa de Leste afastou-se de vez (21-14) e caminhou com à-vontade para o triunfo: 25-17, com um bloco de Gergana Dimitrova. Hristina Ruseva, com 6, e Aline Timm, com 5, foram as mais concretizadoras.

2.º Set
Portugal começou muito bem (4-0), mas a Bulgária reagiu ainda melhor (4-4). O equilíbrio prolongou-se no tempo (19-19). Dois blocos consecutivos fizeram o prato da balança pender para o lado da equipa de Ivan Petkov (21-19). As forasteiras selaram novo triunfo (25-22) através de Gergana Dimitrova.

3.º Set
O terceiro parcial manteve-se equilibrado, mas com um ligeiro ascendente de Portugal muito por culpa da maior eficácia do bloco (15-14), no serviço (20-18) e no ataque luso (22-19). O volte-face aconteceu aos 25-25. A Bulgária fechou com 27-25, num ataque de Mariya
Karakasheva e, cimentando a liderança na Poule A, apurou-se para a Final Four.

Silvana Chausheva, com 13 pontos, foi a melhor pontuadora, enquanto Júlia Kavalenka, com 10, foi a portuguesa mais concretizadora.

A búlgara Silvana Chausheva, a melhor pontuadora do jogo, reconheceu:
"Estamos contentes porque fizemos um bom trabalho. Este jogo vinha numa altura difícil, pois estamos muito cansadas. Todo o nosso staff está de parabéns. Agora, na Final Four, temos de estar focadas, concentradas em todos os jogos. Creio que evoluímos desde o início da competição e queremos continuar a crescer como equipa".

A zona 4 portuguesa Marta Hurst, autora de 10 pontos reconheceu:
"Foi o jogo em que sofremos menos oscilações no nosso jogo e isso notou-se no nosso rendimento. Todas as jogadoras que entraram touxeram algo novo ao nosso jogo e foram mais-valias. Foi frustante perdermos este último set quando estivemos a vencer 23-21. Temos de ser mais maduras e manter a cabeça fria nos momentos decisivos, sobretudo no ataque e é nesse sentido que queremos continuar a evoluir".



03-06-2018


PORTUGAL A UM PASSO DA FINAL FOUR!

A Selecção Nacional de Seniores Masculinos, comandada por Hugo Silva, venceu hoje a Finlândia por 3-2 (25-22, 21-25, 25-21, 28-30 e 15-10) e saltou para a liderança da Poule C (com menos um ponto do que os nórdicos mas mais vitórias, o primeiro critério de classificação na prova).
Agora, terá «apenas» de vencer, novamente em Matosinhos, a República Checa na quarta-feira (18h30).

1.º Set
Início do jogo equilibrado, com as duas equipas a alternarem na liderança do marcador, mas com dois pontos de Tommi Siirila no serviço a adiantarem o seis orientado por Tuomas Sammelvuo (15-13). Fortemente apoiado pelo público, Portugal recuperou a liderança com um serviço de Filip Cveticanin (19-18). João Simões fez o 23-21 no ataque e o distribuidor Miguel Rodrigues selou o triunfo (25-22) com um ataque ao segundo toque.

2.º Set
Um bloco de Samuli Kaislasalo deu uma vantagem de dois pontos aos nórdicos (15-13), um ataque de segunda linha de Elviss Krastins aumentou-a numa altura crucial (23-19) e novo ataque, desta vez de Antti Makinen, selou o resultado: 25-21.

3.º Set
Portugal começou bem, com dois pontos de Phelipe Martins no ataque (5-3). A confiança dos portugueses foi crescendo e com ela o pecúlio pontual (14-9). A vitória surgiu com naturalidade através de um ataque de João Simões aos 25-21.

4.º Set
O resultado era o melhor indicador do equilíbrio existente em campo (10-10, 17-17). Um bloco dos nórdicos esfriou o ânnimo dos adeptos portugueses (21-18)... mas não o dos jogadores portugueses (22-22, com um serviço de Caíque Silva). A vencer por 24-22, a Finlândia viu a equipa de Hugo Silva igualar, mas logrou triunfar por 30-28.

5.º Set
A «negra» foi jogada taco-a-taco (6-6). O terceiro bloco individual de Filip Cveticanin deu vantagem a Portugal (8-6). Um serviço do mesmo Cveticanin (11-7) desconcentrou os nórdicos e colocou Portugal no caminho do triunfo: 15-10.

Samuli Kaislasalo, com 22 pontos, foi o melhor pontuador do jogo, seguido de Alexandre Ferreira, com 21.
Ver estatística aqui

Hugo Silva, Treinador de Portugal:
"Embora tenha limitações em certos aspectos, a nossa equipa transcende-se e consegue superar as adversidades. Foi o nosso terceiro jogo ganho pela margem mínima, o que demonstra que lutamos até ao fim. Estamos na liderança e agora o objectivo é vencer a República Checa e garantir a qualificação para a Final Four".

Filip Cveticanin, central de Portugal, autor de 19 pontos:
"Fizemos um bom jogo e atingimos o nosso grande objectivo, que era alcançar a liderança. Agora, apelo a este público maravilhoso que venha apoiar-nos na quarta-feira, frente à República Checa (18h30), como o fez hoje, pois foi uma motivação extra para a nossa equipa".

Tuomas Sammelvuo, Treinador da Finlândia:
"Mais do que no resultado, temos de pensar na próxima bola e na forma como temos de continuar a desenvolver o nosso jogo, caso da relação bloco/defesa, sobretudo quando defrontámos uma equipa como Portugal, que recebeu muito bem".


02-06-2018


AZERBAIJÃO CONTINUA NA LUTA PELA FINAL FOUR

A Selecção Nacional de Seniores Femininos, liderada por Manuel Almeida, defronta quarta-feira a Bulgária na 6.ª e última ronda da Golden European League.
O jogo está agendado para as 16h00 (transmissão em directo na Sport TV) no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos.

Hoje, frente ao Azerbaijão, as portuguesas bateram-se bem nos dois primeiros sets, mas voltaram a evidenciar carências ao nível da consistência do jogo, baixando o ritmo nos dois últimos parciais.
Pelo seu turno, o Azerbaijão mostrou que tem valor para lutar até à última ronda por uma presença na Final Four que será organizada pela Hungria.

Portugal x Azerbaijão, 1-3 (20-25, 28-26, 11-25 e 15-25)

1.º Set
Menos erros, sobretudo no serviço e ataque e um serviço mais eficaz estiveram na base da vitória por 25-20 do Azerbaijão, com destaque para os 6 pontos de Oleva Hasanova e os 5 da capitã Odina Bayramova.

2.º Set
Maior equilíbrio, com a igualdade a 16 pontos fruto de um bloco de Júlia Kavalenka. nova igualdade aos 20 pontos, com um bloco de Eduarda Duarte. A vencer por 23-21, o Azerbaijão viu Portugal aproximar-se com um ponto ao segundo toque da distribuidora Vanessa Rodrigues e passar para a frente com um ponto de Fabiola Gomes (25-24)... e fechar o triunfo com um bloco de Neusa Neto: 28-26.

3.º Set
Com Yana Azimova no serviço, a equipa de Famil Aghayev adiantou-se no marcador logo de início e chegou aos 10-0, abrindo desde logo o caminho para a vitória fácil: 25-11.

4.º Set
Portugal procurou equilibrar a contenda, mas a confiança era cada vez maior entre as hostes do Azerbaijão (11-5), inviabilizando qualquer tentativa de reacção: 25-15.

Odina Bayramova, Yelyzaveta Samadova e a portuguesa Júlia Kavalenka, todas com 16 pontos, foram as melhores pontuadoras do jogo.
Ver estatística aqui

Manuel Almeida, Treinador de Portugal:
"Efectuámos um segundo set de qualidade, no qual demonstrámos que temos nível para defrontar estas equipas, e fomos recompensados com a vitória, mas depois não conseguimos manter a cabeça individual e colectiva no jogo. Continuamos a procurar dar maior consistência ao nosso jogo".

Júlia Kavalenka, oposta de Portugal e autora de 16 pontos:
"No segundo set, mostrámos que podemos defrontar equipas como ao Azerbaijão, que tem a experiência de competições do mais alto nível. Continuamos a treinar com vista à fase de qualificação para o Europeu. Agradecemos o apoio deste público maravilhoso que sempre nos acarinhou e dizer que quarta-feira voltamos a estar aqui para defrontar a Bulgária".

Katerina Zhidkova, jogadora do Azerbaijão, autora de 14 pontos:
"Podíamos ter jogado melhor, mas o mais importante foi a vitória que alcançámos e que nos permite continuar a lutar por uma presença na Final Four, que é aquilo que mais desejamos".


27-05-2018


PORTUGAL PARTE AMANHÃ PARA A UCRÂNIA

A Ucrânia venceu hoje Portugal por 3-0 (25-22, 25-14 e 25-13) e mantém viva a esperança de se poder qualificar para a fase final da Golden European League, pese embora esteja dependente de resultados de terceiros. Por seu turno, a Selecção Nacional de Seniores Femininos continua a aproveitar os jogos frentes a equipas da forte escola de Leste para preparar-se condignamente para o seu grande objectivo: a fase de qualificação para o Campeonato da Europa de 2019.

1.º Set
Nevosismo evidente das duas equipas, com a Ucrânia a contrabalançar ataques e serviços desperdiçados com alguns «ases». Portugal bateu-se bem e procurou acertar o seu bloco (20-20), mas foi incapaz de suster a melhor ponta final da equipa de Leste: 25-22. O duelo pontual Kavalenka vs Kodola/Trushkina começava a prometer...

2.º Set
Boa entrada da equipa de Gariy Yegiazarov, a desnortear as portuguesas (5-1, 9-2). Quatro serviços de Anna Stepaniuk selaram o resultado: 25-14.

3º. Set
Ucrânia manteve o domínio nas acções junto à rede e a maior eficácia do seu serviço foi o suficiente para alcançar a primeira vitória na Golden European League: 25-13, com um ponto de Osachuk.

A ucraniana Nadiia Kodola, com 17, e a portuguesa Júlia Kavalenka, com 16, foram as melhores pontuadoras do jogo. Ver estatística aqui

Manuel Almeida, Treinador de Portugal:
"Queríamos equilibrar e discutir o jogo, mas no final do primeiro set cometemos uma série de erros de ataque. Depois, a Ucrânia cresceu e também houve alguma falta de capacidade da nossa parte em termos de serviço. É complicado defrontar potências do Voleibol europeu, mas estamos a procurar ganhar consistência e ritmo competitivo e a Golden European League e os Jogos Mediterrânicos têm de servir de preparação para o nosso grande objectivo, que é a fase de apuramento para o Europeu 2019".

Juliana Rosas, capitã de Portugal:
"Estamos a acusar um certo desgaste por causa das viagens e da carga de treinos. Temos de ganhar ritmo competitivo e estamos a experimentar soluções para podermos chegar à fase de qualificação para o Europeu 2019 na melhor forma possível".

Nadiia Kodola, capitã da Ucrânia:
"Sabíamos que este jogo não seria fácil porque vínhamos de duas derrotas e tínhamos obrigatoriamente que vencer. Estamos muito contentes por termos conquistado uma vitória que perseguíamos desde início e porque assim podemos continuar a acreditar na qualificação para a Final Four".

A Selecção Nacional de Seniores Femininos, liderada por Manuel Almeida, viaja amanhã (7h00) para a Ucrânia na 4.ª Ronda da Golden European League.




26-05-2018


PORTUGAL VENCE NA FINLÂNDIA

A Selecção Nacional de Seniores Masculinos, comandada por Hugo Silva, venceu hoje, por 3-2 (17-25, 25-15, 25-19, 21-25 e 15-13), a Finlândia, e subiu à vice-liderança da Poule C na Golden European League 2018, que continua a ser comandada pelos finlandeses, com mais dois pontos que os portugueses.

Alexandre Ferreira, capitão da turma das quinas, foi o melhor pontuador do jogo, com 26 pontos, seguido do finlandês Tommi Siirila, com 12. Ver estatística aqui

No Ranking da Golden European League, Alex é agora o segundo melhor pontuador no total das três poules, atrás do sueco Fredrik Gustavsson.

No outro jogo da Poule C, a República Checa venceu (3-1) a Espanha, somando os seus primeiros pontos. Ver estatística aqui

Na 4.ª Ronda da Golden European League, agendada para o dia 30 (quarta-feira), Portugal defronta a República Checa em Praga.





23-05-2018


PÓVOA DE VARZIM ACOLHE PORTUGAL X UCRÂNIA

Após na ronda inaugural terem jogado na Bulgária (0-3), as portuguesas mediram forças com o Azerbaijão, que acabaria por sair vitorioso (3-1: 24-26, 25-17, 25-14 e 25-17) do jogo de hoje.

Autora de 20 pontos, Yelyzaveta Samadova cotou-se como a melhor pontuadora do jogo. Marta Hurst e Juliana Rosas foram as portuguesas mais concretizadoras, ambas com 10 pontos.

1.º Set: De início ao fim muito equilibrado, embora os pratos da balança tenham pendido quase sempre para o lado da equipa da casa, que conseguia afastar-se, pelo menos, por um par de pontos.
Volte-face nos momentos finais, com as portuguesas a mostrarem mais sangue-frio e a transformarem um resultado muito desfavorável (22-24) numa vitória por 26-24, com o último ponto a resultar de um serviço directo de Eduarda Duarte.
Neste set, destaque também para Núria Silva, Marta Hurst e Juliana Rosas, que contabilizaram quatro pontos cada.

2.º Set: O Azerbaijão acertou o seu jogo, aumentando a eficácia do seu bloco e, sobretudo, ataque, tendo criado muitas dificuldades à recepção da equipa portuguesa com serviços muito agressivos, tendo entrado na recta final do parcial já com a vitória à vista (22-13). Portugal ainda reagiu (22-17), mas era demasiado tarde: 25-17.

3.º Set: Uma «fotocópia» do set anterior. A equipa de Leste acelerou rumo a novo triunfo (20-13) e Portugal não conseguiu acompanhar o ritmo. Resultado: 25-14.

4.º Set: Um início de set menos desequilibrado (10-6), mas com o Azerbaijão a dominar as operações (16-11, 20-14) até à conquista da segunda vitória na Golden European League: 25-17.

Os jogos da Golden European League podem ser seguidos em directo através do site laola1.tv

O regresso da Comitiva Portuguesa está agendado para amanhã:
Voo TK 337 - Baku / Istambul - 06h20 / 08h25
Voo TK 1449 - Istambul / Porto - 11h50 / 14h35.




19-05-2018


PORTUGAL VENCE 1.º DUELO COM A ESPANHA NA GOLDEN LEAGUE

A Selecção Nacional de Seniores Masculinos venceu hoje a Espanha por 3-1 (25-18, 25-20, 22-25 e 25-22) na ronda inaugural da Poule C da Golden European League 2018 ao realizar uma exibição agradável e eficaz em todos os fundamentos do jogo, pese embora uma quebra (terceiro parcial) que acaba por ser normal no início da competição.

Portugal pressionou no ataque e no serviço, condicionando desde logo o sideout e o contra-ataque dos espanhóis. Depois, segurou a reacção adversária através do bloco e utilizou o poder de fogo do ataque luso, sobretudo de Alexandre e Marco Ferreira e de Caíque Silva, para fazer a diferença.

No outro jogo da Poule C, a Finlândia derrotou a República Checa pela margem máxima e assumiu a liderança do grupo. Ver estatística aqui

Na 2.ª Ronda da Golden European League, agendada para o dia 23 (quarta-feira), Portugal e Espanha voltam a defrontar-se, desta vez em Guadalajara.

A comitiva portuguesa parte no dia 22, com o seguinte itinerário:
Voo TP 1008 - Porto / Madrid - 07h20 / 09h30

O regresso está marcado para o dia 24
Voo AY 1662 - Madrid / Helsínquia - 10h20 / 15h30

Portugal esteve implacável no primeiro set, actuando como um todo, embora seja de destacar a excelente estreia na turma das quinas de Caíque Silva e o domínio nas alturas de Marco Ferreira e do seu irmão Alex Ferreira.. a distanciar Portugal (18-14) à entrada para a recta final do set. Um bloco de Marco/Phelps abriu o caminho (21-15) para a vitória no primeiro parcial: 25-18, com um serviço desperdiçado pelos espanhóis.

No segundo set, Portugal manteve a pressão, com serviços e ataques agressivos a serem recompensados com uma mão-cheia de pontos de vantagem (18-13). A equipa de Fernando Munoz reagiu, aproximando-se (20-18), mas um ataque de Alex deitou por terra as esperanças espanholas (22-18). Resultado: 25-20, com um ataque de Marco Ferreira.

A Espanha tentou o tudo por tudo no terceiro set. Apoiados nos ataques de Jorge Fernandez e de Andres Villena, os espanhóis adiantaram-se no marcador 9-4. Incentivado pelo público, Portugal reagiu (7-9), mas os serviços de nuestros hermanos continuaram a abrir algumas brechas na recepção lusitana (16-12, 18-13). Portugal aproximou-se com um serviço de Marco (15-18), mas Miguel Fornes respondeu à altura (21-16). A perder por 19-24, a equipa de Hugo Silva ainda reagiu, mas era tarde demais. Resultado: 25-22.

No quarto set, a Espanha continuou a evidenciar confiança (9-7), mas Portugal conseguiu passar para a frente e ganhar vantagem por intermédio de Alex (20-16). A vencer por 21-17, a equipa da casa viu o seu adversário aproximar-se rapidamente, com dois blocos a fazerem o 22-20. Resultado: 25-22, com um ataque de Alex.

Marco Ferreira e Alexandre Ferreira, respectivamente com 21 e 20 pontos, foram os melhores pontuadores do jogo. Jorge Fernandez foi o espanhol mais concretizador (13).

Hugo Silva, Treinador de Portugal:
"Foi difícil, como esperávamos e só com o enorme respeito que sentimos pela Espanha, que esteve no último Europeu, é que conseguimos fazer aqueles dois primeiros sets. Esta equipa joga com muita alegria e é bom vermos algumas caras novas a mostrar serviço, pois estes jogadores têm uma vontade enorme de conseguirem êxitos para o nosso País".

Caíque Silva, que fez a sua estreia por Portugal, rubricou 11 pontos:
"Foi um momento espectacular. Não podia ter tido melhor estreia e devo isso a esta verdadeira família que é a Selecção, que me acolheu muito bem.
Temos treinado muito forte e fizemos dois bons sets. Depois, quebrámos um pouco e perdemos um set, mas não nos deixámos abalar e soubemos conquistar a vitória"
Agora, vamos descansar e, depois, tentar somar novo triunfo em Espanha na quarta-feira".

Fernando Munoz (treinador da Espanha):
"Sabíamos que iria ser difícil, pois, tal como para Portugal, foi o nosso primeiro jogo, já que não realizámos amigáveis. Portugal jogou bem e na nossa exibição pesou um pouco a juventude desta equipa e o facto de três jogadores fazerem a sua estreia. Vamos tentar fazer melhor em Guadalajara. precisamos de mais tempo de treino e de jogo todos juntos".

O jogo Espanha x Portugal está agendado para o dia 23 de Maio e será transmitido em directo no laola1.tv

Na Selecção Nacional de Seniores Masculinos, o Treinador Principal, Hugo Silva, é coadjuvado por João José, antigo capitão da Selecção.

Os principais desafios das selecções nacionais de seniores para esta época serão a disputa da Golden European League 2018 e a qualificação para a fase final do Campeonato da Europa de 2019, em masculinos e femininos, cujas fases de qualificação passam por locais como
Matosinhos, Santo Tirso e Póvoa de Varzim, municípios que integram o projecto Clube das Autarquias Amigas do Voleibol.
As selecções seniores vão ainda participar nos XVIII Jogos do Mediterrâneo «Tarragona 2018», que se disputam na localidade espanhola de Tarragona de 22 de Junho a 1 de Julho 2018.



19-05-2018


BÚLGARAS LIDERAM POULE DE PORTUGAL NA GOLDEN LEAGUE

A estreia da Selecção Nacional de Seniores Femininos, liderada por Manuel Almeida, na Golden European League não foi a mais feliz.
A Bulgária venceu hoje Portugal por 3-0 (25-13, 25-18 e 25-19) e assumiu a liderança da Poule A.

No dia 23, as portuguesas defrontam, em Baku, o Azerbaijão, que hoje derrotou (3-1) a Ucrânia.

A Comitiva Portuguesa viaja amanhã para a capital do Azerbaijão:
Dia 20 de Maio
Voo TK1032 - Sófia / Istambul (Turquia) - 17h50 / 19h10
Voo TK 336 - Istambul / Baku (Azerbaijão) - 21h05 / 00h55

O regresso está agendado o dia 24 de Maio
Voo TK 337 - Baku / Istambul - 06h20 / 08h25
Voo TK 1449 - Istambul / Porto - 11h50 / 14h35



17-05-2018


LISTA DE CONVOCADOS DA SELECÇÃO NACIONAL

A equipa técnica da Selecção Nacional de Seniores Masculinos, liderada por Hugo Silva, divulgou hoje a lista dos atletas convocados que defrontarão a Espanha, no dia 19 de Maio (sábado), no Pavilhão Desportivo Municipal de Santo Tirso, na ronda inaugural da Golden European League 2018.

O jogo Portugal x Espanha está agendado para as 15h00 horas do dia 19 de Maio e será transmitido em directo pela Sport TV
Os jogos da Golden European League podem ser seguidos em directo no laola1.tv

O bilhete de ingresso no «duelo ibérico» tem o preço unitário de 2 euros.

Lista de convocados

AJF Bastardo
Caíque Silva
Valdir Sequeira

SC Espinho
Januário Silva

SL Benfica
Filip Cveticanin

Sporting CP
João Simões
Lourenço Martins
José Pedro Monteiro
João Fidalgo

SV Schwaig (Alemanha)
Phelipe Martins

TSV Herrsching (Alemanha)
José Gomes

KB Insurance stars (Coreia do Sul)
Alexandre Ferreira

OK Saving Bank R&C (Coreia do Sul)
Marco Ferreira

Tourcoing VB (França)
Miguel Tavares Rodrigues

Famalicense AC
José Belo

Team Manager - Carlos Prata
Treinador Principal - Hugo Silva
Treinador Adjunto - João José
Médico - Ricardo Aido
Fisioterapeuta - João Sousa



17-05-2018


GOLDEN EUROPEAN LEAGUE: CONVOCADAS PORTUGUESAS PARA A BULGÁRIA

A equipa técnica da Selecção Nacional de Seniores Femininos, liderada por Manuel Almeida, anunciou as 12 convocadas para os jogos com a Bulgária e o Azerbaijão, respectivamente da 1.ª e da 2.ª ronda da Golden European League.

Os jogos de Portugal com a Bulgária e o Azerbaijão poderão ser seguidos em directo, respectivamente aqui e aqui

A Comitiva Portuguesa, chefiada pelo Director da FPV Arnaldo Rocha, que viajou hoje para Lisboa, ruma à Bulgária amanhã, seguindo o itinerário:

Dia 18 Maio
Voo FB 564 - Lisboa / Sófia (Bulgária) - 00h05 / 06h00
Dia 20 de Maio
Voo TK1032 - Sófia / Istambul (Turquia) - 17h50 / 19h10
Voo TK 336 - Istambul / Baku (Azerbaijão) - 21h05 / 00h55

O regresso está agendado o dia 24 de Maio
Voo TK 337 - Baku / Istambul - 06h20 / 08h25
Voo TK 1449 - Istambul / Porto - 11h50 / 14h35

Jogadoras convocadas

AVC Famalicão/Leica
Fabiola Gomes
Vanessa Rodrigues

CF «Os Belenenses»
Maria Maio

Porto Vólei
Bárbara Gomes
Joana Resende
Neusa Neto

Budowlani Torun (Polónia)
Júlia Kavalenka

VBC Galina (Suíça)
Núria Silva

Leixões SC
Eduarda Duarte
Juliana Rosas

Haro Rioja Voley (Espanha)
Marta Hurst

Castêlo da Maia GC
Eliana Durão

Equipa técnica

Treinador - Manuel Almeida
Treinador Adjunto - Hélder Andrade
Fisioterapeuta - Diogo Barata

Contacto

Vitosha Park Hotel
Sófia, Bulgária
Tel: +359 2 816 87 81
Fax: +359 2 962 29 25




16-05-2018


PORTUGUESAS QUEREM CRESCER E SURPREENDER NA ESTREIA DA GOLDEN EUROPEAN LEAGUE

Após os bons ensaios nos dois jogos amigáveis com a Espanha (3-1 e 2-3), disputados no decorrer do estágio em Viana do Castelo, a Selecção Nacional de Seniores Femininos, liderada por Manuel Almeida, vai estrear-se na Golden European League logo com dois desafios de peso frente a representantes da escola de Leste (Bulgária e Azerbaijão).

Que expectativas tem a Selecção Nacional relativamente a estes jogos de estreia, tendo em conta o trabalho já realizado?

O Seleccionador Nacional, Manuel Almeida, mostra-se satisfeito com a forma como o trabalho das suas pupilas tem decorrido, embora sublinhe que falta percorrer ainda um longo percurso num "processo de crescimento colectivo, técnico e táctico".

"Saímos satisfeitos dos dois jogos. Tivemos contributos positivos de todas. Além da necessidade de limitar o tempo de jogo de algumas atletas condicionadas fisicamente, o nosso objectivo passava também por avaliar em competição todas as jogadoras.
Fomos capazes de manter uma atitude muito competitiva e um nível de jogo elevado, embora intercalado com momentos de alguma inconsistência.
Os jogos com a Espanha, finalista da Liga Europeia no ano passado, foram dois bons testes que nos possibilitaram avaliar o nosso curto trajecto até ao momento e de certa forma vão permitir orientar o nosso trabalho no futuro mais próximo.
Ficamos com a consciência que podemos melhorar em todos os compartimentos do jogo e isso tem de ser uma motivação muito grande para todos nós, para treinarmos cada vez mais e melhor", reconhece, acrescentando:
"Os nossos próximos adversários são, teoricamente, duas das candidatas à vitória nesta competição. Estão recheadas de jogadoras que fazem parte das equipas que lutam pelos lugares cimeiros dos campeonatos europeus mais fortes como a Liga Italiana e a Liga Turca. Apesar de sabermos que as viagens serão longas e cansativas e que estas equipas nos irão colocar bastantes problemas em termos físicos, partimos com uma ambição muito grande de surpreender, com a consciência que estamos num processo de crescimento colectivo, técnico e táctico."



Joana Resende: "Estamos com uma vontade enorme de iniciar a competição"

A libero Joana Resende traduz por palavras o espírito que reina no seio da Selecção Nacional:
"Os jogos de preparação que fizemos com a Selecção da Espanha serviram para avaliar o nosso nível actual, experimentar algumas situações e ver o que temos de melhorar para chegar o mais perto possível do nível onde queremos estar.
Somamos duas semanas de trabalho intenso e queremos aproveitar todos os momentos competitivos sempre em busca da melhoria constante para alcançarmos o nosso objectivo maior que é o apuramento para o Campeonato da Europa.
Sabemos que as selecções da Bulgária e do Azerbaijão têm uma qualidade enorme e que nos vão criar imensas dificuldades, mas estamos com uma vontade enorme de iniciar a competição, sempre com um espírito vencedor e honrando as cores da nossa bandeira".

A Comitiva Portuguesa, que viaja amanhã para a capital, ruma à Bulgária na sexta-feira, seguindo o itinerário:
Dia 18 Maio
Voo FB 564 - Lisboa / Sófia (Bulgária) - 00h05 / 06h00
Dia 20 de Maio
Voo TK1032 - Sófia / Istambul (Turquia) - 17h50 / 19h10
Voo TK 336 - Istambul / Baku (Azerbaijão) - 21h05 / 00h55

O regresso está agendado o dia 24 de Maio
Voo TK 337 - Baku / Istambul - 06h20 / 08h25
Voo TK 1449 - Istambul / Porto - 11h50 / 14h35

Competições

A Golden League disputa-se entre 19 de Maio e 6 de Junho e Portugal vai defrontar (em casa e fora) as selecções da Bulgária, Azerbaijão e Ucrânia.

Os XVIII Jogos do Mediterrâneo «Tarragona 2018» – disputam-se na localidade espanhola de Tarragona de 22 de Junho a 1 de Julho 2018.

A fase de qualificação para o Campeonato da Europa 2019 disputa-se entre 15 de Agosto de 2018 e 9 de Janeiro de 2019 e Portugal defronta (em casa e fora) as selecções de França, Dinamarca e Geórgia.




15-05-2018


DUELO IBÉRICO AQUECE GOLDEN EUROPEAN LEAGUE

A estreia numa nova competição (Golden European League) com um duelo ibérico pode ser auspiciosa para a Selecção Nacional de Seniores Masculinos, ao envolver um adversário que é bem conhecido e com o qual há uma salutar rivalidade, já que os dois países têm boas relações em praticamente todos os aspectos…

A rivalidade entre Portugal e a Espanha tem raízes históricas e já constitui uma tradição a nível desportivo… e o Voleibol não foge à regra!
O pico desta rivalidade aconteceu na Liga Europeia. Em 2007, nuestros hermanos vieram ao nosso país vencer Portugal por 3-2 (21-25, 25-18, 25-22, 19-25 e 20-18), numa final dramática disputada na cidade algarvia de Portimão.
A Espanha ergueu o seu primeiro troféu internacional e, pouco depois, sagrou-se campeã europeia...
Como é costume dizer «a vingança serve-se fria» e, em 2010, quando a final foi disputada na localidade espanhola de Guadalajara, os lusitanos conquistaram o seu primeiro troféu internacional ao derrotarem a Espanha por 3-1 (23-25, 25-23, 25-18 e 25-21).

Hugo Silva reconhece que um Portugal x Espanha é peculiar, mas prefere focar-se em dar continuidade ao rejuvenescimento da turma das quinas:
"Quando se trata de jogar contra a Espanha a rivalidade diz-nos que serão jogos equilibrados mas que ninguém vai querer perder e assim serão jogos de grande tensão e tremendamente bem disputados.
Pela nossa parte, continuamos a incluir novos jogadores em função da necessidade de algumas posições, procurando desta forma aumentar o número de soluções. Alguns jogadores que passaram por nós nas últimas selecções jovens e que devido ao facto de jogarem nos seus clubes com maior frequência e treinarem em equipas de maior nível, acabaram por melhorar muito e desta forma contribuírem para a última chamada à Selecção A, bem como para o apuramento para o Campeonato da Europa de Sub-20. Atletas como Afonso Reis, José Belo, André Marques e Guilherme são os melhores exemplo de que jogar e treinar a bom nível possibilita e muito o desenvolvimento dos atletas e, consequentemente, ajuda muito as nossas selecções.
Acreditamos que, progressivamente, os nossos jovens atletas vão ter mais espaço nas melhores equipas e assim, ano após ano, vamos estar mais próximo das fases finais das grandes competições.
Uma competição como a Golden League vai permitir colocar a equipa com o melhor ritmo e entrosamento e, como é apanágio desta selecção, teremos que lutar por um lugar na fase final desta competição."

Expectativas em relação às competições em que a Selecção Nacional está envolvida - Golden European League, Jogos do Mediterrâneo e Campeonato da Europa de 2019?

"Já assumimos publicamente que queremos estar no Campeonato da Europa e assim o nosso objectivo número um é a qualificação para o Europeu.
Relativamente à Golden League e aos Jogos do Mediterrâneo, são competições que devido ao nível em que a selecção se situa hoje em dia, nos obrigam a lutar sempre pelo melhor resultado, que passa por chegar as finais de ambas as competições e assim dignificar ao máximo o nosso Voleibol.
Dificuldades teremos sempre em qualquer competição, mas lutaremos até à exaustão pela vitória em todos os jogos.
Uma coisa posso assegurar: o facto de encontrar uma selecção motivada, preparada para as duras batalhas e, acima de tudo, um grupo que tem imensa vontade e orgulho em representar o seu País.
Posso mesmo afirmar que há muito tempo não via um grupo tão positivo e com tanta vontade em se afirmar no panorama do voleibol nacional. Aqui reina o orgulho de vestir a camisola, uma vontade enorme de estar aqui, uma alegria de estar entre os melhores, e o reconhecimento que a Selecção Nacional já deu muito a todos eles e pode dar muito mais para cada um poder atingir a excelência nas suas carreiras".

Alex Ferreira: "Apuramento
para a fase final é possível"

O capitão Alexandre Ferreira salienta que a equipa tem no horizonte o apuramento para as fases finais das competições, a começar pela Golden European League.

“Acho que o facto de jogarmos com a Espanha logo no início da competição é bom porque teoricamente será a equipa menos forte do grupo e nós, estando a trabalhar todos juntos só há duas semanas, sem termos disputado nenhum jogo treino, poderemos aproveitar para fazer alguns ajustes e testar alguns jogadores novos do grupo.
Temos a ambição de ir à Fase Final e sabemos que isso é possível!
O tempo de trabalho foi curto, mas vamos focar-nos no nosso objectivo e tentar alcançar o nosso nível de jogo o mais rápido possível”, assegura, acrescentando:
“Relativamente aos Jogos do Mediterrâneo, é uma competição que vai servir para dar ritmo aos jogadores mais novos, tendo em vista o apuramento em Agosto.
Somos um grupo limitado em algumas zonas e a época de selecção é longa este ano!
Vamos ter que saber gerir bem o grupo, pensando sempre em alcançar os objectivos.
O apuramento é possível e acredito que chegou a nossa altura de estar, novamente, num Campeonato da Europa! É esse o nosso grande objectivo deste ano”.

O bilhete de ingresso no «duelo ibérico» tem o preço único de 2 euros.

Na Selecção Nacional de Seniores Masculinos, o Treinador Principal, Hugo Silva, é coadjuvado por João José, antigo capitão da Selecção.

Hugo Silva regressa assim ao leme da Selecção Nacional, desta vez acompanhado de João José, um dos mais credenciados jogadores portugueses de todos os tempos.
Como jogador, João José conquistou títulos nacionais pelo Castêlo da Maia GC e AJ Fonte do Bastardo, além de sete campeonatos da Alemanha pelo VFB Friedrichshafen, clube pelo qual ergueu ainda o troféu na Liga dos Campeões, em 2006/2007.
Eleito o melhor no bloco do Mundial Argentina 2002, no qual Portugal «amealhou» um histórico 8.º lugar, João José foi ainda o melhor atacante da Liga dos Campeões de 2004/2005 e conquistou a Liga Europeia (selecções), em 2010, depois da medalha de prata em 2007 e de bronze em 2009.

Os principais desafios das selecções nacionais de seniores para esta época serão a disputa da recém-criada Golden European League 2018 e a qualificação para a fase final do Campeonato da Europa de 2019, em masculinos e femininos, cujas fases de qualificação passam por locais como
Matosinhos, Santo Tirso e Póvoa de Varzim, municípios que integram o projecto Clube das Autarquias Amigas do Voleibol.




03-05-2018


SELECÇÃO NACIONAL JÁ TRABALHA EM VILA FLOR

A Selecção Nacional de Seniores Masculinos já labora em Vila Flor, sob a batuta técnica de Hugo Silva, cumprindo o primeiro estágio de preparação das participações na Golden European League, nos Jogos do Mediterrâneo e no Apuramento para o Campeonato da Europa de 2019.

"Estamos a trabalhar com um grupo reduzido, que irá ficar completo a partir do dia 7 de Maio e como em qualquer ano de Selecção temos de trabalhar muito até ao dia 19 de Maio, altura em que vamos disputar o nosso primeiro jogo da Golden European League.
Os objectivos da Selecção passam sempre pela obtenção dos melhores resultados em todas as competições, a começar pela Golden League, que servirá para encontrar o melhor grupo para enfrentar as duras batalhas", salienta o Seleccionador Nacional, acrescentando:
"Como é óbvio, o nosso foco número 1 é a qualificação europeia. As competições que antecedem a fase de qualificação para o Europeu vão dizer-nos muito sobre aquilo a que poderemos aspirar, mas temos de assumir desde já que queremos ir ao Campeonato da Europa, algo que nos escapa desde 2011, e não tenho dúvidas que todos juntos e unidos podemos concretizar esse sonho.
Até lá, o trabalho será o segredo de qualquer sucesso que venhamos a ter e, como tal, só podemos e devemos pensar nele".

Neste momento, Hugo Silva tem ao seu dispor os seguintes jogadores: Filip Cveticanin (SL Benfica), Afonso Reis (Sporting CP), Nuno Teixeira (VC Viana), Phelipe Martins (SV Schwaig / Alemanha), José Gomes (TSV Herrsching / Alemanha), Alexandre Ferreira (KB Insurance Stars / Coreia do Sul), Marco Ferreira (OK Saving Bank R&C / Coreia do Sul) e Miguel Rodrigues (Tourcoing VB / França).

A partir de domingo, juntam-se ao grupo de trabalho os jogadores Lourenço Martins, João Simões, José Pedro Monteiro e João Fidalgo (Sporting CP), Valdir Sequeira, Caíque Silva e Gerson Pereira (AJF Bastardo) e Januário Silva (SC Espinho).

Na Selecção Nacional de Seniores Masculinos, o Treinador Principal, Hugo Silva, será coadjuvado por João José, antigo capitão da Selecção, entrando ambos em funções mal termine o Campeonato Nacional.
Actual treinador do Sporting Clube de Portugal, Hugo Silva regressa assim ao leme da Selecção Nacional, desta vez acompanhado de João José, um dos mais credenciados jogadores portugueses de todos os tempos e actual treinador da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo.


Como jogador, João José conquistou títulos nacionais pelo Castêlo da Maia GC e AJ Fonte do Bastardo, além de sete campeonatos da Alemanha pelo VFB Friedrichshafen, clube pelo qual ergueu ainda o troféu na Liga dos Campeões, em 2006/2007.
Eleito o melhor no bloco do Mundial Argentina 2002, no qual Portugal «amealhou» um histórico 8.º lugar, João José foi ainda o melhor atacante da Liga dos Campeões de 2004/2005 e conquistou a Liga Europeia (selecções), em 2010, depois da medalha de prata em 2007 e de bronze em 2009.

Os principais desafios das selecções nacionais de seniores para esta época serão a disputa da recém-criada Golden European League 2018 e a qualificação para a fase final do Campeonato da Europa de 2019, em masculinos e femininos, cujas fases de qualificação passam por locais como Matosinhos, Braga, Santo Tirso e Póvoa de Varzim, municípios que integram o projecto Clube das Autarquias Amigas do Voleibol.

 

 









CALENDÁRIO OFICIAL DA GEL 2018
[PDF]